quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Classe de Prestígio - Mestre do Mau-cheiro

Trogloditas são famosos por seu mau-cheiro extremo, capaz de deixar seus inimigos enjoados durante o combate. Alguns trogloditas de alguma forma aprimoram esta habilidade, tornando-se ainda mais nauseabundos e desagradáveis. São os mestre do mau-cheiro!!

Onde está o troglodita?

Ninguém sabe ao certo como estes seres conseguem piorar sua  fedentina, alguns dizem que é uma espécie de dom, algo com o qual alguns trogloditas nascem e que não pode ser aprendido ou ensinado.

Outros teorizam que estes trogloditas deliberadamente abandonam qualquer espécie de higiene e se esforçam para entrar em contato com a pior espécie de sujeira e imundície que existe nesse mundo (de Arton). Com isso, suas glândulas de fedor se infectariam com os piores germes da existência, e dessa relação nojenta surgiria a fedentina suprema.

A verdade permanece incerta... Sabe-se apenas que estes monstros estão por aí, e fedem terrivelmente!

Vamos então a um pequeno talento antes da classe de prestígio propriamente dita.

Foco em Habilidade [destino]
Pré-requisito: possuir uma habilidade racial que exija um teste de resistência
Benefício: a CD do teste de resistência aumenta em +2.
Comentário: útil não? Eu já usei em alguns monstros do blog inclusive...

E agora finalmente a classe de prestígio (ou não... qual o prestígio de feder mais que um anão suado, c*gado e morto há três meses?)

Tork e sua armadura com furos, para o gás escapar melhor
Mestre do mau-cheiro

Pré-requisitos: Raça Troglodita, Con 15+, Foco em habilidade: mau-cheiro, 3º nível de personagem

Pontos de vida por nível: 4 + mod. Constituição

Benefícios por nível
Nível
BBA
Especial
1
+1
Mau-cheiro freqüente
2
+2
Mau-cheiro prolongado, bafo de jibóia
3
+3
Fortitude maior
4
+4
Mau-cheiro extendido, mau-cheiro incapacitante
5
+5
Mau-cheiro venenoso

Mau-cheiro freqüente: o personagem pode usar o mau-cheiro uma quantidade de vezes por dia igual a 3 + mod. Constituição. Cada vez que sobe de nível nesta classe esse número aumenta em +1, alcançando 7 + mod. Constituição no 5º nível.

Bafo de jibóia: uma dieta desequilibrada e a falta total de higiene fazem com que o bafo do mestre do mau-cheiro torne-se também uma arma. Como uma ação padrão, o mestre do mau-cheiro pode expelir seu bafo nauseabundo na cara de uma criatura adjacente (a até 1,5m de distância). Se esta falhar num teste de Fortitude (CD igual à do mau-cheiro) fica pasmada por uma rodada e enjoada na rodada seguinte. Não há limite de utilização desta habilidade.

Mau-cheiro prolongado: os efeitos nauseantes do mau-cheiro duram 2d4 rodadas ao invés de 1d6. Além disso um personagem que passe no teste de resistência contra o mau-cheiro, ao invés de negá-lo totalmente, sofre seus efeitos por apenas uma rodada.

Fortitude maior: curiosamente a convivência com o que há de mais sujo e infecto no mundo torna o mestre do mau-cheiro mais forte! Ele recebe Fortitude maior como um talendo adicional.

Mau-cheiro estendido: o raio de ação do mau-cheiro aumenta para 12m

Mau-cheiro incapacitante: além de provocar enjôos o mau-cheiro passa a impor um redutor de -2 nas jogadas de ataque, testes de resistência e CA.

Mau-cheiro venenoso: no quinto nível o mestre do mau-cheiro aprende a expelir uma versão mais concentrada e perigosa de sua secreção malcheirosa. Uma vez ao dia ele pode expelir uma nuvem com raio de ação de apenas 4,5m que causa 2d6 de dano de constituição, além dos efeitos normais do mau-cheiro. Passar num teste de Fortitude (contra a CD normal) faz com que o personagem não receba o dano de constituição, mas sofra os demais efeitos normalmente.

Papel em combate
O papel do mestre do mau-cheiro é minar as forças dos inimigos. Com seu mau-cheiro e, mais tarde, com suas habilidades venenosas ele vai deixando os inimigos enjoados e mais fracos. Facilitando as coisas para seus aliados

A habilidade do bafo de jibóia funciona tanto como uma defesa, neutralizando temporariamente inimigos perigosos, como uma forma de facilitar seus próprios ataques. Se você estiver usando a regra de ataques de oportunidade esta habilidade se torna ainda mais útil.

Classes
Qualquer troglodita pode atender aos pré-requisitos desta classe facilmente, mas a maioria dos mestres do mau-cheiro são homens de armas, principalmente rangers e guerreiros. Clérigos ou druidas eventualmente iniciam o treinamento nesta classe, mas dificilmente o levam adiante (até o 5º nível), preferindo aprimorar suas habilidade de conjuração. Os raríssimos bardos trogloditas também podem se tornar ótimos mestres do mau-cheiro, combinando sua música com eu fedor asqueroso eles se tornam ótimos suportes para seus aliados.

Notas finais
Me diverti demais com essa classe! Poder publicar uma habilidade chamada bafo de jibóia pra mim é muito bom. A idéia original era fazer só uma ficha de criatura, mas me animei e resolvi fazer a CdP. Em breve (ou não) haverá uma ficha de NPC troglodita mestre do mau-cheiro.

As imagens todo mundo está careca de conhecer, a primeira é uma das capas da Holy Avenger encadernada, desenhada por Erica Awano e a outra é praticamente um concept art do Tork, pelo próprio Marcelo "Trio Tormenta" Cassaro.

EDIT: tirei a habilidade mau-cheiro penetrante porque a CD do mau-cheiro ficava alta demais! Era impossível alguém passar no teste. Ainda assim a classe está apelona, use com moderação.

5 comentários:

  1. Bafo de Jibóia: Uma rodada pasmado seguida por uma rodada enjoado. EITA DEBUFF BOM DA PEXTE HOMI!
    Só acho que podia adicionar que só pode usar ela uma vez por rodada(apesar de "custar" uma ação padrão para usá-la, os pontos de ação estão aí para isso), pra não ficar BOA DIMAIS, afinal, se tiver perfeito, tem gente que acha que não pode existir e não aceita ela em sua mesa =P
    Muito bom mesmo, Danilo XD
    Cyaz

    ResponderExcluir
  2. A idéia era que as habilidades fossem boas mesmo, afinal a única coisa que o cara faz é feder!

    Pra reduzir o poder do bafo de jibóia dá pra deixar o efeito apenas como pasmar mesmo, fica equivalendo à magia.

    Valeu Quaresma.

    E se o cara gastar um ponto de ação pra usar o bafo de jibóia mais de uma vez na rodada, ele merece fazer isso!

    ResponderExcluir
  3. Lembre-se que o mau cheiro dos trogloditas afeta os aliados dele não trogloditas tambem...

    ResponderExcluir
  4. Bem lembrado Fernando, eu não mencionei isso no texto mas é um detalhe relevante.

    Foi um pouco pra compensar isso que eu incluí o bafo de jibóia, pro troglodita ter alguma habilidade que pudesse usar caso tenha aliados não-trogs por perto.

    Mas o fato de ele poder afetar seus aliados é interessante táticamente, pois assim como ocorre com magias de dano com grandes áreas de efeito, o mau-cheiro não pode ser usado sem levar em conta o posicionamento de seus amigos.

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHA! Me diverti horrores lendo! :-D Bom trabalho Gruingas!

    Com esta classe dá pra pensar num troglodita PdM que vai dar MUITO trabalho aos PJs. O conceito de uma CdP focada em melhorar a habilidade de um "monstro" é genial.

    ResponderExcluir